O Sorriso

 

 

 

 

 

 

Creio que foi o sorriso,

o sorriso foi quem abriu a porta.

 

Era um sorriso com muita luz

lá dentro, apetecia

entrar nele, tirar a roupa, ficar

nu dentro daquele sorriso.

Correr, navegar, morrer naquele sorriso.

 

 

 

Eugénio de Andrade

Anúncios

2 comentários sobre “O Sorriso

  1. Olá

    Linda foto para o poema!!

    Eu escrevo poemas desde pequena… isso já faz muito tempo. Os poemas mudaram muito, eu mudei muito, o mundo, então está girando cada vez mais mudado, não acha? Mas não vejo o mundo mais sem poesia.

    Agora nos outros estilos sou um desastre. Quase nem me arrisco mais.

    Que bom que achei seu blog! Tem sido ótima essa troca literária com muitos poetas da net.

    Beijos,
    Carol

  2. Pois é, Carol, como vc não vejo o mundo sem poesia. :)
    E que boa essa troca entre nós… aos poucos assim vamos nos conhecendo, por poemas e mensagens. Sinta-se sempre bem vinda aqui e eu de vez em qd deixarei comentários lá nas suas casas. :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s