Por 1 segundo no ar

Receita: junte água e ar comuns a um caldeirão de bruxa, uma
retorta de alquimista ou um copo de brinquedo; acrescente, sem
medidas, o prazer de viver ao capricho dos elementos; misture
com vigor, até obter uma consistência de arte, e, por último,
delicadamente, incorpore a magia do assopro; reze, ou olhe
para o céu de uma manhã azul com bons pensamentos; tendo a graça
da sorte verá redondinhas bolhas translúcidas de água e que duram
1 segundo no ar.

 

 

 

Às vezes, um pássaro parece cantar

para si próprio. Está na árvore, quando

o dia nasce, e a luz encontra-o

no meio da sombra.     «Que manhã é esta,

pensa, em que o sol vem ter comigo

como se não houvesse mais ninguém

para o receber?»     E saúda-o

com o seu canto, sem saber que

alguém o ouve, por trás dos arbustos,

e recolhe o que ele diz

para o dizer ao mundo.

 

 

 

(Nuno Júdice)

Anúncios

2 comentários sobre “Por 1 segundo no ar

  1. Oi Karla, obrigada! Avalia o quanto isso me deixa feliz? :)

    Por 1 segundo no ar fui eu que escrevi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s