O lado bom da Sorte

 

 

 

 

640x360

passageira lua permanente

 

 

 

 

 

 

Numa terra abençoada de poesia me deixei ficar

Como se não fosse Graça a chuva recebida
como se o sopro do Espírito pertencesse somente a mim

Mas como tudo o que vai no rio desce com a correnteza
permanece vívido apenas o que se deixa arrastar

Meus deuses são eternos porque morrem mil vezes
sem conta

Foi então que a Poesia disse: imprevisível
estou contigo

E na rotina duramente mais de cem mil vezes
te testarei

Mas se nem ela que me mata conseguir me aferrolhar
juntos permaneceremos

Agora
ultrapasse a linha do horizonte

A morte é a vida refeita

Creia-me!

Eu vivo
e revivo a cada momento que me encontras

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s